Paróquia São Francisco de Assis – São Francisco do Guaporé/RO

Compartilhe:

Data, mês e ano de Fundação da Paróquia:

  • 16/11/1997

 

O surgimento de São Francisco do Guaporé está ligada a história da BR 429, que liga o grande eixo norte e sul, Br 364, (são Paulo – Cuiabá – Porto Velho – Manaus), ao vale do Guaporé, na Cidade de Costa Marques. Na medida em que se abrem as estradas moradoras se assentam no seu percurso, e em certos lugares alguns familiares se agrupam dando origem a novos lugarejos e futuras cidades. Foi assim que nasceu Alvorada do Oeste, são Miguel do Guaporé e Seringueiras, e como não podia ser diferente são Francisco do Guaporé.  O primeiro Morador de são Francisco foi o SR. Osvaldo Laizo, que se assentou em abril de 1985, abril um pequeno Bar em sua residência para atender passageiros e passantes, mais tarde passou a ser um pequeno mercado.  Em junho de 1985 foi completada a estrada pela Mendes Júnior. Em Outubro do mesmo ano chegou o segundo morador o SR> Donizete Boing, recém-casado, montou uma pequena farmácia em sua residência para servir passageiros que chegavam nesta região e viajante, nesta mesma época o ônibus começou a fazer linha completa de Presidente Médici a Costa Marques. Em novembro deste mesmo ano, passando por São Francisco, Padre Damião Bermond celebrou a primeira Missa, começaram a chegar novas famílias. No início de 1986, os moradores tentaram organizar vilarejo marcar datas, quadras ruas, mas foram impedidos pela prefeitura de Costa Marques, o jovem Valmir Laizo de Jesus fez o mapa da Cidade. O qual sofreu algumas alterações mais tarde, porém com impedimento da prefeitura o pessoal saiu permanecendo somente duas família iniciais.  Em agosto de 1986, começaram a chegar novamente novas família, Sr. Idio da Paz Valentim, Sr. José Vilmar e Outros. Neste mesmo mês e ano passando por São Francisco o Padre Luiz Garcia Viscaino, deixou com o srª Maria Divina Mezari 03 folhetos exemplares de folhetos de culto dominical para iniciar os cultos nas casas das famílias, marcando também a missa para o mês seguinte e ajudar a definir o nome dessa comunidade que nascia. São Francisco de Assis passaram a atender esta e outras comunidades que posteriormente começaram a surgir visitas estas com realização de sacramentos. No dia 03 de setembro de 1989, surgiu a primeira criança, laize Valéria Masssacatto Boing, Filha do Sr. Donizte Boing. No mesmo ano surge a primeira serraria do Sr. Valdemar Hoffmam. Em fevereiro 1987, surgiu a primeira escola municipal, tendo como professora a Srª Maria Divina Mezari, ainda no primeiro mês o Sr. Valdir Vasconcelos iniciou a montagem de um posto de combustível o qual só funcionou no ano seguinte. O INCRA liberou a demarcação de terras e fundação da cidade sobre a coordenação do Sr. Felix A prefeitura de Costa Marques, na pessoa do prefeito Rui de Almeida, passou a dar apoio, construir a cede da administração, tendo como primeiro administrador, o Sr. Joaquim Ruberto da Cunha. Em outubro de 1987, na primeira festa da padroeiro, Dom Geraldo Verdier visitou a comunidade e deu início a construção, foi então inaugurada no ano seguinte na festa do padroeiro. Em abril de 1988, um pequeno posto de saúde passou a funcionar, juntamente com a sucam. Neste mesmo ano a comunidade foi favorecida com uma antena parabólica, um motor da ceron, e iniciou –se a construção do colégio estadual, pelo então governador do estado  Sr. Gerônimo Santana. No mesmo ano começou aparecer as seitas, sendo a assembleia de Deus a primeira a chegar. Sendo 1988 anos de eleições, a assembleia Legislativa chamou juridicamente a localidade de São Francisco do Guaporé, reconhecendo – o como distrito de Costa Marques.  No segundo semestre de 1989, a a escola passou a ser estadual, funcionando em novos espaço tendo de iniciar como professora as Srª Amadir Ferreira de matos e Maria Divina Mezri e posteriormente outros (a). Ainda nesse ano surgem novas madeireiras, e esta altura já moravam em são Francisco umas 50 família. O Crescimento continuou com a entrada do presidente Fernando Collor de melo, acelera – se fortemente o processo migratório, o qual enfraqueceu depois com a recessão econômica dos anos 90,91 e 92. Em 1991 deu – se início na construção da casa das irmãs, construídas por mutirões pela comunidade sendo concluída em 1992, começando assim um atendimento regular pelo Padre        Damião  Bermond e Ir.Rosalina Isankowski, vindo de Costa Marques. O final de 1992 marcou o início outra arrancada migratória. Ir. Rosalina Isankouwski passou a residir em São Francisco partir do dia 04 de fevereiro de 1993 neste mesmo ano foi construído o centro de formação. Madre Paulina surge também novas seitas aumento do comércio madeireiras agriculturas pecuárias, estradas comunidades rurais etc… Ouve ampliação do colégio e do posto de saúde. Em maio de 1994 padre Damião passou a residir em São Francisco, em Junho chega mais uma religiosa Ir. Susana Antoniaggi e em agosto foi oficializada como comunidade religiosa chamado comunidade Nossa Senhora das Graças. Em agosto de 1996, conta se com aproximadamente 5 mil habitantes na área urbana e de 6 a 7 mil na área rural, sendo que o número de comunidades registra se 24 rurais e uma urbana.

Paróquia pertencente à Região Centro da Diocese de Guajará-Mirim.

 

Endereço: 

 

Dia do (a) Padroeiro (a) da Paróquia:

  • Festa na Paróquia São Francisco de Assis no dia 04/06/2020

 

Quantidade de Comunidades:

  • 39, inclusa a Matriz.

 

Sacerdote: Anilson Domingos Ferreira

Posts Relacionados

Facebook