Na semana do dia 20 de Março, a Diocese de Guajará-Mirim celebrará a Missa do Crisma, também chamada de Missa dos Santos Óleos ou da Unidade.  Nesta celebração, são abençoados os óleos que serão usados nas cerimônias sacramentais do Batismo, Crisma e Unção dos Enfermos. Também se renovam as promessas sacerdotais, feitas no dia da ordenação.

Missa da Unidade

Por constituir um forte momento de comunhão eclesial e expressar a comunhão diocesana em torno do Mistério Pascal de Cristo, a missa dos Santos Óleos também é chamada de Missa da Unidade.

Padre Wagner explica que essa denominação é pelo fato de que, além de celebrar o dom da unidade com o sacerdócio único de Cristo, Cabeça da Igreja e Pastor do rebanho, celebra-se também o dom da unidade do presbitério com o seu bispo.

“Unidade necessária para a boa realização da missão de Cristo em função da santificação do povo de Deus presente naquela Igreja particular, santificação esta que Cristo comunica também por meio dos sacramentos da Igreja.”

Renovação das promessas sacerdotais

Nesta celebração, os sacerdotes se reúnem com o seu bispo para também renovar as promessas sacerdotais, que foram proferidas no dia da ordenação sacerdotal.

“Bispos e sacerdotes foram consagrados a Cristo sacerdote, e por isso na ordenação receberam a unção do Espírito Santo por meio do óleo do Crisma. Tanto os bispos como os sacerdotes, pela ordenação sacerdotal, se tornaram participantes do único sacerdócio de Cristo.” conclui padre Wagner

Quais são os Santos Óleos e pra que servem?

Óleo do Crisma: uma mistura de óleo e bálsamo, significa plenitude do Espírito Santo, revelando que o cristão deve irradiar “o bom perfume de Cristo”. É usado no sacramento da Crisma, no sacramento do sacerdócio, para ungir os “escolhidos” que irão trabalhar no anúncio da Palavra de Deus

Óleo dos Catecúmenos: catecúmenos são os que se preparam para receber o Batismo, sejam adultos ou crianças. O óleo é utilizado antes do rito da água e significa a libertação do mal, a força de Deus que penetra no catecúmeno. Sua cor é vermelha.

Óleo dos Enfermos: é usado no sacramento dos enfermos. Este óleo significa a força do Espírito de Deus para a provação da doença, para o fortalecimento da pessoa para enfrentar a dor e, inclusive a morte, se for vontade de Deus.  O doente é ungido na fronte e na palma das mãos.